Doação

Notícias

Voluntários estrangeiros promovem diálogo intercultural com beneficários do Pró-Criança

Unidade Recife Antigo16/02/2017

Recife fica a cerca de 5.000 quilômetros de distância do Panamá e da Argentina. No entanto, nesta quarta-feira (15), beneficiários do Movimento Pró-Criança (MPC) puderam conhecer um pouco dos dois países sem sair da cidade.

Os voluntários, Noé Maffrand, de Córdoba, e Jonathan Bairnals, da Cidade do Panamá, apresentaram as músicas, danças, costumes e a gastronomia dos seus países a crianças e adolescentes atendidos no Espaço Maria Helena Marinho, unidade do MPC no Recife Antigo.

As diferenças e semelhanças entre os carnavais argentino e panamenho em relação ao brasileiro foi o ponto de partida para o diálogo intercultural. O tema chamou a atenção e aguçou a curiosidade dos pequenos.

O que poderia ser uma barreira para o encontro com os intercambistas, o idioma, logo foi superado, e todos conseguiram se entender.

“Foi uma experiência muito boa. As crianças são muito legais e já conheciam algumas coisas da Argentina, principalmente, quando o assunto era futebol”, disse Noé Maffrand. “Aqui não há rivalidade entre Argentina e Brasil”, completou.

Com Jonathan a curiosidade era ainda maior, pois o Panamá não era tão conhecido dos pequenos. “Acharam o Carnaval parecido com o que tem aqui e gostaram muito das imagens das praias do Panamá. Foi muito bom essa troca”, afirmou.

PARCERIA
O Movimento Pró-Criança mantém uma parceria com a Association Internationale des Etudiants en Sciences Economiques et Commerciales (AIESEC). A associação faz o intermédio entre voluntários estrangeiros e instituições filantrópicas.

Conheça também as Notícias das unidades: CoelhosPiedade