Blog Pró-criança

25 setembro 2019 Unidade Piedade

MPC sedia formatura de mais de 500 alunos do Coletivo Jovem

Em 2009, a unidade do Movimento Pró-Criança, em Piedade, Jaboatão dos Guararapes, foi escolhida para receber um projeto-piloto, hoje chamado de Coletivo Jovem, que tinha o objetivo de preparar pessoas de 16 a 25 anos para o primeiro emprego. Dez anos depois, nesta sexta-feira (27), esse mesmo centro vai acolher a formatura de mais de 500 alunos beneficiados pela iniciativa em Pernambuco.

A solenidade marcada para às 14h será a celebração da consolidação do Coletivo Jovem como um celeiro de novos talentos para o mercado de trabalho e um case na área da capacitação profissional. O projeto, desenvolvido por entidades sociais em parceria com o Instituto Coca-Cola trabalha na perspectiva do protagonismo juvenil em cursos gratuitos de Marketing e Vendas, Comunicação e Tecnologia e Produção de Eventos.

São qualificações de curta duração oferecidas nas instituições, que garantem toda infraestrutura para o aprendizado, além de parcerias para o encaminhamento às oportunidades de emprego. Só no Estado, há seis núcleos do Coletivo Jovem, sendo três na capital (Coelhos, Bongi e Coqueiral), um no Cabo de Santo Agostinho (Vila Rica) e o pioneiro de Jaboatão.

Antes mesmo de receber o certificado, Ketlle Marques, 24 anos, já comemora o primeiro emprego com carteira assinada. Sem trabalhar e estudar há dois anos, a jovem, moradora da Joana Bezerra, inicia em outubro em uma vaga de operadora de telemarketing.

“O curso mudou tudo na minha. Ele vai além da aula e a gente aprende a se preparar para o mercado de trabalho. Agora não quero mais parar, com o salário desse emprego vou investir em um curso técnico de enfermagem”, afirmou.

Não parar após o a conquista da primeira oportunidade foi o que fez também a ex-aluna Débora Miranda, 23. Depois de participar do Coletivo Jovem em 2015, ela ingressou como coferente na modalidade de menor aprendiz na Coca-Cola. Em seguida foi promovida e hoje é assistente administrativo do setor de distribuição.

“É um curso rápido, mas que transforma. É o ponta pé inicial ideal para quem quer e precisa ingressar no mercado de trabalho com capacidade de aproveitar as oportunidades”, afirmou.

 

 

Icone comentário Deixe seu comentário