Blog Pró-criança

11 dezembro 2018 Unidade Coelhos

Primeira turma do Alfa 90 da Unidade Coelhos recebe certificado

“Eu morava na rua com minha mãe e não estava na escola. O professor Marcos ouviu minha história e me ensinou as letras.” O depoimento tímido de Anderson Batista, 8 anos, revela o orgulho de quem começou a vencer o analfabetismo e ter autoestima.

Assim como ele, outros 11 beneficiários da Unidade Coelhos do Movimento Pró-Criança testemunham como suas vidas melhoraram depois que começaram a aprender a ler e escrever. Todos fizeram questão de dar seus depoimentos, nesta terça-feira (11), na festa de encerramento do projeto Alfa 90.

A iniciativa implantada no primeiro semestre deste ano nas três unidades do Pró-Criança propõe alfabetizar o aluno em 90 dias. A ideia é trabalhar o alfabeto e as composições silábicas fazendo uma associação com a realidade dos alunos.

“Anderson, por exemplo, chegou aqui zerado, ele não reconhecia nenhuma letra. É um processo lento, mas é muito gratificante ver a evolução desses meninos”, disse o educador Marcos Quintino.

O reconhecimento pela etapa inicial vencida foi entregue aos meninos e meninas em forma de um certificado, que eles exibiam orgulhosos.

“Esse momento é muito especial e vai marcar a vida de todos vocês para sempre. Foi um pontapé inicial para o aprendizado, que vai acontecer todos os dias”, afirmou a assessora pedagógica do Pró-Criança, Camila Nogueira.

De acordo com o professor Quintino, o projeto Alfa 90 foi adaptado para atender aos beneficiários do Pró-Criança. “Estendemos para além de 90 dias. As dificuldades na família e na escola afetam diretamente o aprendizado nas nossas crianças, então é preciso um trabalho maior para alfabetizá-las e nós não temos pressa, o importante é que eles aprendam”, explicou.

A expectativa é de que no próximo ano sejam formadas duas turmas do Alfa 90 na Unidade Coelhos, uma em cada semestre.

Icone comentário Deixe seu comentário