Blog Pró-criança

16 março 2020 Todas as unidades

Pró-Criança alerta para a higienização dos aparelhos eletrônicos

Em meio a pandemia do novo coronavírus, não só lavar as mãos é importante, como também manter os aparelhos eletroeletrônicos portáteis e acessórios higienizados ajudam a evitar a Covid-19 e outras doenças infecciosas.

Profissionais de tecnologia da informação (TI) alertam que o uso do álcool em gel pode danificar permanentemente os equipamentos. Então como fazer a limpeza correta de notebooks, smartphones e pen drives, por exemplo?

De acordo com Fernando Marroquim, especialista em TI pela UFPE e coordenador do Núcleo de Inclusão Digital do Movimento Pró-Criança (NID), os dispositivos devem ser higienizados com kits de limpeza específicos. O conjunto geralmente é formado por uma flanela de algodão e uma solução líquida em spray. Esse material pode ser adquirido em lojas de informática e em home centers por cerca de R$15.

“O produto deve ser aplicado na flanela, nunca diretamente no equipamento, de duas a três borrifadas ou o suficiente para limpar toda a superfície. A higienização deve ser feita pelo menos duas vezes por dia”, explica.

No caso dos computadores, Marroquim acrescenta que para uma limpeza completa é importante que o usuário também utilize pincel para a remoção dos resíduos que se acumulam no teclado. A trincha deve ser de até duas polegadas, nova e reservada apenas para essa função.

“É importante ressaltar que celulares, notebooks e fones de ouvido são objetos de uso pessoal. No entanto, em empresas onde os aparelhos são compartilhados o recomendado é fazer uso do álcool isopropílico”, orienta Marroquim. O produto, também vendido em lojas especializadas, custa de R$20 a R$30 uma embalagem de 500ml.

O especialista lembra que a limpeza dos equipamentos eletroeletrônicos deve ser feita sempre com os aparelhos desligados para evitar choques elétricos.

Capinhas

Tão importantes quanto os smartphones são as capinhas de proteção desses dispositivos. Para esses produtos, a higienização pode ser feita com uma fórmula caseira que mistura água, vinagre e bicarbonato de sódio.

Marroquim ensina que para um litro de água morna são necessárias duas colheres de sopa de vinagre, mais duas de bicarbonato de sódio. A capinha deve ficar de molho na solução entre 30 minutos e uma hora. A limpeza deve ser feita uma vez por semana.

Icone comentário Deixe seu comentário