Blog Pró-criança

23 maio 2019 Todas as unidades

‘Pró-Criança faz bonito’ em ato contra o abuso sexual infantil

A campanha “Pró-Criança faz bonito”, promovida nesta quinta-feira (23) pelo setor psicossocial da instituição, fez jus ao nome e levou muito colorido e animação para as ruas da comunidade dos Coelhos, área central do Recife.

Embora realizada em clima de alegria, a ação chamou a atenção para um assunto muito sério: o combate ao abuso e à exploração sexual infantil. Esse é o tema trabalhado em todo o Brasil durante este mês, chamado de “maio laranja”.

Antes de tomar as ruas com cartazes produzidos por eles mesmos, os educandos das três unidades do Pró-Criança – Coelhos, Recife Antigo e Piedade – participaram de um bate-papo com a psicóloga e coordenadora do psicossocial, Renata Dias.

Durante a conversa, as crianças e os adolescentes falaram dos riscos que pessoas da idade deles correm na internet e na rua. Eles também explicaram formas de se prevenir e como pedir ajuda caso aconteça alguma violação de seus direitos.

Para complementar o entendimento acerca do tema, assistentes sociais e psicólogas apresentaram um teatro de fantoche. A peça retratou uma situação de possível abuso e como denunciar esses casos.

CAMINHADA

Com o assunto na ponta da língua, os educando ocuparam as ruas da comunidade dos Coelhos chamando a atenção para o combate ao abuso e à exploração sexual infantil.

Aos moradores e comerciantes que pararam para ver a caminhada, foram entregues panfletos. O material gráfico continha informações sobre a campanha e telefones de contatos para denúncias do Disque 100, conselho tutelar e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

A caminhada terminou na Praça Matarazzo, que fica entre a rua Padre Venâncio e o Largo dos Coelhos. No local, alunos, educadores, assistentes sociais e psicólogas de mãos dadas fizeram um minuto de silêncio por todas as crianças e todos os adolescentes vítimas de abuso e exploração sexual. O grupo concluiu o ato com um momento de oração.

A ação coordenada pelo setor psicossocial do Pró-Criança contou com o apoio do departamento do curso de informática da Unidade Piedade e do Núcleo de Inclusão Digital (NID) da Unidade Coelhos.

 

 

Icone comentário Deixe seu comentário