Blog Pró-criança

09 agosto 2018 Unidade Recife Antigo

Pró-Criança oferecerá aulas de judô na Unidade Recife Antigo

Eleito três vezes o melhor de Pernambuco pela federação da modalidade, o judô do Movimento Pró-Criança expandiu e começará a oferecer aulas gratuitas no Espaço Maria Helena Marinho – unidade da ONG no Recife Antigo. A iniciativa vai contemplar 30 meninos e meninas com idades entre 5 e 9 anos que serão divididos em duas turmas, pela manhã e à tarde, a partir de segunda-feira (13).

Assim como na unidade do Pró-Criança em Piedade, Jaboatão dos Guararapes, e os Coelhos, área central da capital pernambucana, as aulas de judô no Recife Antigo serão destinadas para iniciantes no esporte. Os judocas serão treinados por Pablo Felipe, faixa marrom na modalidade e que há 15 anos participa das atividades da instituição.

De acordo com o sensei Marcílio Félix, tanto no Recife Antigo como em Piedade e, também, na turma de iniciantes dos Coelhos, aqueles que mais se destacarem e apresentarem talento para o judô serão incorporados na equipe principal. O objetivo é garantir a renovação do grupo que em 2017 conquistou 273 medalhas sendo 204 de ouro em competições locais, regionais, nacionais e internacionais.

“Ter o judô agora nas três unidades é consequência da evolução da atividade. O Pró-Criança mostra esse reconhecimento ao expandir o esporte para o Recife Antigo. A gente fica ainda mais gratificado por ver que as pessoas que estão à frente dessas turmas iniciantes são pratas da casa, alunos da própria instituição que vão colocar em prática o que aprenderam”, afirmou Félix.

APOIO

O Pró-Criança começou 2018 com 32 medalhas, sendo 18 de ouro, da primeira etapa do pernambucano realizada em março, em Vitória de Santo Antão. Em abril, em João Pessoa, a entidade confirmou o favoritismo e conquistou oito medalhas sendo cinco ouros, uma prata e dois bronzes, na fase regional do Campeonato Brasileiro de Judô.

Entre os destaques, está a atleta Luciana Maria Silva, de 15 anos, que se consagrou tetra campeã brasileira regional. A judoca é também a atual campeã sul-americana na categoria Sub 15.

Apesar de colecionar conquistas, a instituição trava uma luta diária em busca de patrocinadores. O apoio é fundamental para que a entidade continue garantindo as vitórias nos tatames e na vida de meninos e meninas em situação de vulnerabilidade social.

“Os quimonos são nossa maior necessidade, um do tamanho infantil custa em média R$ 100 e as famílias das crianças não podem arcar com esse custo, por isso, estamos recebendo doações, principalmente agora com essa nova turma no Recife Antigo”, disse Félix.

Qualquer pessoa pode ajudar o Pró-Criança com valores a partir de R$ 1,50 nas contas de água e de energia elétrica. Há também a possibilidade de contribuir via depósito bancário ou por meio do paypal (cartões de crédito ou débito).

COMPETIÇÕES

No próximo dia 18, cerca de 20 judocas representarão o Pró-Criança na Copa Aniversário da AABB, no Recife. No dia 25, um grupo de 30 atletas da equipe principal subirá nos tatames do Coniju, competição que ocorrerá no Ginásio de Esportes Jota Raposo, em Igarassu, região metropolitana.

Icone comentário Deixe seu comentário