Blog Pró-criança

22 fevereiro 2019 Todas as unidades

Pró-Criança une cultura e cidadania em blocos de Carnaval

Na semana de abertura do Carnaval, o Movimento Pró-Criança coloca literalmente o bloco na rua. No Recife e em Jaboatão dos Guararapes, os jovens da instituição vão mostrar que é possível unir folia com consciência social.

Na próxima segunda-feira (25), os educandos da Unidade Recife Antigo vão levar o saudosismos dos antigos carnavais para as ruas do bairro histórico. O esquenta começa às 14h no Teatro Maurício de Nassau com apresentação de marchinhas. No local, também haverá a primeira edição do Camarim Maluco com doação de fantasias e adereços para as crianças.

A partir das 15h, os pequenos foliões se concentrarão em frente à Escola Técnica Estadual Porto Digital, na avenida Rio Branco. Animados pelo grupo de percussão e pelo maracatu, os beneficiários farão um “arrastão” até o Marco Zero. Alguns desfilarão com instrumentos feitos a partir de materiais descartáveis.

“Este ano, trabalhamos o tema ‘Revivendo os carnavais de Pernambuco’. As crianças aprenderam um pouco da origem da música, dança, dos adereços como, por exemplo, as máscaras e tudo que envolve a festa popular em nosso Estado”, explicou a coordenadora pedagógica da Unidade Recife Antigo, Ana Patrícia dos Santos.

EXPLORAÇÃO INFANTIL

Na terça-feira (26), crianças e adolescentes atendidos na Unidade Piedade do Pró-Criança, em Jaboatão dos Guararapes, assistirão a um vídeo sobre o trabalho infantil e a exploração sexual de menores. Conduzidos pelos educadores, os beneficiários debaterão os temas em uma roda de diálogo.

No dia seguinte, em clima de Carnaval, os jovens percorrerão as principais ruas da comunidade Dom Helder Câmara alertando moradores e comerciantes sobre a necessidade de combater o trabalho infantil e a exploração sexual. A partir das 9h, a campanha “Não desvie o olhar” também fará, pelo quinto ano seguido, a entrega de panfletos educativos alusivos a esses crimes.

Também na quarta-feira (27), os alunos da Unidade Coelhos, na Boa Vista, área central do Recife, promovem a segunda edição do bloco “Pintando o 7”. O desfile começa às 9h30, saindo do prédio da ONG, em frente ao Imip, em direção à Praça Matarazzo.

Em meio ao colorido das fantasias e dos adereços, o bloco este ano vai chamar a atenção da sociedade para a importância de coibir o trabalho infantil. O tema, que foi debatido na semana anterior nas aulas de judô, artes e canto coral, será apresentado em cartazes confeccionados pelas crianças.

 

Icone comentário Deixe seu comentário