Blog Pró-criança

15 agosto 2018 Unidade Recife Antigo

Recife Antigo celebra mês das vocações com atividades externas

Alunos da Unidade Recife Antigo do Movimento Pró-Criança estão vivenciando um mês intenso de atividades externas, incluindo visitação a museus e igrejas históricas, e participação em trilha ecológica. Trabalhando o tema das vocações, os passeios tem o objetivo de promover o acesso dos jovens ao direito à cultura e ao lazer.

As crianças com idades entre 9 e 12 anos iniciaram a maratona de visitas, nesta terça-feira (14), pelo Museu Cais do Sertão. O equipamento cultural, que fica na área portuária do Recife, abriga um importante acervo que reverencia a obra de Luiz Gonzaga e a cultura do homem sertanejo.

De acordo com a educadora social Maria Rosângela, os beneficiários ficaram encantados com a réplica do rio São Francisco e com os moldes para a confecção de calçados de couro. “Além de conhecer a vocação do nosso rei do baião para a música, os meninos e as meninas ficaram impressionados com as vocações mais rústicas como a dos artesãos que trabalham com couro e com o barro”, disse.

Nesta quinta-feira (16), a turma vai visitar a Igreja da Madre de Deus, que também fica no Recife Antigo. A ação faz parte do projeto Recife Sagrado, iniciativa da Secretaria de Turismo e Lazer da prefeitura, tem como objetivo apresentar a visitantes e recifenses os tesouros guardados pelo conjunto da arquitetura sacra da cidade, um dos mais riscos do Brasil.

A Madre de Deus, é considerada um dos mais belos templos barrocos do País. No acervo, imagens raras, como a do Senhor do Bom Jesus dos Passos, que veio da antiga Matriz do Corpo Santo e há mais de três séculos participa da procissão dos passos, nas celebrações da Semana Santa.

No dia 28, será a vez de voltar no tempo e contemplar o rico acervo do Instituto Ricardo Brennand (IRB), na Várzea. Considerado um dos complexos museológicos mais importantes do mundo, o IRB possui uma coleção permanente de objetos histórico-artísticos abrangendo o período desde a baixa Idade Média ao século XXI, com ênfase na documentação histórica e iconográfica relacionada ao período colonial e ao Brasil Holandês.

Até o final do mês, os beneficiários também conhecerão o Jardim Botânico do Recife, no bairro do Curado, zona oeste da cidade. Inserido em uma unidade protegida com 10,7 hectares de Mata Atlântica, o local dispõe de sete jardins temáticos: Cactos, Bromélias, Orquídeas, Palmeiras, Plantas Medicinais, Sensorial e Plantas Tropicais.

Além de poder acessar a área pública de lazer, os alunos do Pró-Criança terão a oportunidade de aprender um pouco sobre botânica, restauração florestal e conservação da biodiversidade da Mata Atlântica. A atividade inclui ainda a realização de trilhas ecológicas.

 

Icone comentário Deixe seu comentário